HYDRUS VAI MINISTRAR CURSO DE CAPACITAÇÃO NO MATO GROSSO DO SUL

De 15 a 19 de outubro 300 profissionais da empresa Águas Guariroba, operada pela AEGEA, irão receber o curso Introdução ao Saneamento Básico

Águas Guariroba, concessionária responsável pelos serviços de água e coleta e tratamento de esgoto de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, operada pela AEGEA, será a próxima empresa a receber o curso de Introdução ao Saneamento Básico desenvolvido pelo Hydrus Capacitação. Entre os dias 15 a 19 de outubro, 300 profissionais participarão deste seminário em período integral.

O seminário tem o objetivo de melhorar o desempenho do profissional, passando conceitos que permitam uma visão mais ampla sobre saneamento. “Esse profissional precisa entender o valor e a importância do seu trabalho. Nosso curso de Introdução ao Saneamento Básico é o ponto de partida”, afirma Newton de Lima Azevedo, presidente do Hydrus Capacitação.

A engenheira Ana Helena Berenhauser, diretora técnica do Hydrus, ministrará o curso que discute noções de todo o sistema de saneamento básico com a identificação e valorização do trabalho de cada colaborador no todo do processo, além de mostrar como sanar as dúvidas mais comuns do usuário final. “Ao término desta semana temos a certeza que os 300 profissionais que participarão do curso terão uma percepção mais clara da sua importância. A cada nova turma sinto um novo desafio que me motiva, gosto de transmitir o conhecimento que adquiri e fico orgulhosa em ver a vontade no olhar de cada um deles”, finaliza Ana Helena.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA:

Ana Rizzo – ana@anarizzo.com – 19 9 96674700

Hugo Dourado – dourado.hugo@uol.com.br – 11 9 9978-7326

CURSO CAÇA FRAUDE EM PIRACICABA É SUCESSO DE PÚBLICO

Agradecemos a participação de todos, que contribuíram com o enriquecimento do nosso curso Combate ao Desperdício e ao Uso não Autorizado de Água, popularmente chamado de “Caça Fraude”. As mais de 60 pessoas, vindas de 20 cidades do Estado de São Paulo, além de assistirem nossos palestrantes, compartilharam suas experiências, trocando informações e fizeram do evento um grande sucesso de público e mídia. Agradecemos o importante apoio da Prefeitura Municipal de Piracicaba, a presença do vice-prefeito José Antonio de Godoy, o Serviço Municipal de Água e Esgoto (SEMAE) e seu presidente José Rubens Françoso e o Museu da Água que nos cedeu o anfiteatro, o espaço ideal para nossa apresentação.

Desejamos que os conhecimentos que compartilhamos contribuam para a melhoria do trabalho no dia a dia das 18 empresas do setor de saneamento de 20 cidades, que marcaram presença no seminário: Piracicaba, Andradina, Itapira, Castilho, Jacareí, São Sebastião da Gama, Matão, Santa Bárbara do Oeste, Santa Rita do Passa Quatro, Mirassol, Vila Leis Itu, Cubatão, Casa Branca, Osasco, Mineiros do Tietê, Palestina, Holambra, Paraibuna e São Paulo.

MUSEU DA ÁGUA DE PIRACICABA SEDIOU SEMINÁRIO ‘CAÇA FRAUDE’ DE ÁGUA

Newton de Lima Azevedo, presidente do Hydrus, José Antonio de Godoy, vice prefeito de Piracicaba e José Rubens Françoso, presidente do Semae de Piracicaba.

 

Promovido pelo Hydrus Capacitação, com apoio da Prefeitura Municipal de Piracicaba e SEMAE o encontro apresentou como combater às fraudes de água

Para amenizar o problema da crise hídrica e combater os furtos de água o Hydrus Capacitação, com apoio da Prefeitura Municipal de Piracicaba e o Serviço Municipal de Água e Esgoto (SEMAE), promoveram no último dia 27 de setembro o seminário Combate ao Desperdício e ao Uso não Autorizado da Água, popularmente chamado de “caça fraude”. O evento ocorreu no Museu da Água da Prefeitura de Piracicaba. Além da presença do vice-prefeito da cidade José Antônio de Godoy, do Presidente do SEMAE José Rubens Françoso, estiveram presentes os dirigentes e responsáveis técnicos e operacionais das companhias de saneamento na Bacia do PCJ – Piracicaba, Capivari, Jundiaí e das sub bacias.

O vice-prefeito José Antônio Godoy, abriu o seminário valorizando a iniciativa do Hydrus e reiterando sua preocupação com o problema. “O uso indevido da água é um grande problema para a população de Piracicaba e ele acontece em todos os níveis sociais. Existe uma relação entre o estresse hídrico e a fraude, que afeta diretamente nossa arrecadação e por consequência os investimentos na área, concluiu. Para o SEMAE é muito importante apoiar um seminário com esse tema. “Nós estamos aqui para dar dicas e maneiras de como conseguir detectar fraudes para os operadores que trabalham na Bacia do PCJ”, finaliza o presidente do SEMAE José Rubens

Durante o seminário ‘Caça-Fraude’ os 75 participantes, de 20 cidades, conferiram que não é só um tubo quebrado ou a torneira pingando, mas os tradicionais ‘gatos’ e hidrômetros adulterados para burlar a medição podem impactar diretamente na receita dos operadores. “Além de fraudes em ligações de água, que podem prejudicar o abastecimento de uma cidade, a manipulação indevida em ramais pode levar impurezas à rede, em consequência contaminar a água, comprometendo a qualidade no sistema de distribuição à população, podendo provocar um problema de saúde pública”, comenta Newton de Lima Azevedo, Presidente do Hydrus Capacitação.

Ministrado por experientes profissionais do setor, o curso foi uma grande oportunidade para compartilhar soluções para o problema, em diversos âmbitos como: técnico, administrativo, jurídico, e até criminal. “O furto de água causa diversos problemas para um município, tanto no aumento de problemas de saúde da população, quanto na queda de receitas das operadoras para investimentos em melhorias no tratamento e distribuição desse recurso”, informa Geraldo Prado, especialista em ações de caça fraude no país, desde 1991.

Sobre o HYDRUS CAPACITAÇÃO:

O Centro de Capacitação HYDRUS foi criado a partir da parceria entre a empresa brasileira Lima Azevedo Engenharia e Consultoria Empresarial e o Office International de l´Eau (OIEau), com sede na França, que conta com 25 anos de experiência em formação no setor de saneamento básico.

A nossa proposta diferenciada consiste em atender profissionais da base da pirâmide organizacional, oferecendo módulos curtos de conteúdo prático sempre acompanhando a evolução tecnológica dos modelos de ensino.

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA:

Ana Rizzo – ana@anarizzo.com – 19 9 96674700

Hugo Dourado – dourado.hugo@uol.com.br – 11 9 9978-7326

CAPACITAÇÃO É O TEMA DE DESTAQUE NO 7º ENA

Palestra de Newton de Lima Azevedo, presidente do Hydrus Brasil, sobre Evolução na Educação Corporativa no Saneamento faz muito sucesso no evento

Na última edição do 7º. ENA – Encontro Nacional da Águas – realizada em agosto, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo, o tema capacitação profissional no saneamento foi bastante citado pelos convidados dos debates no primeiro dia do evento. É praticamente unanime que o setor necessita olhar com mais atenção para a formação de seus profissionais, principalmente aqueles do trabalho mais duro, mais pesado o chamado “chão de fábrica”.

No primeiro painel de debates com o título #SomosMaisSaneamento nas Eleições 2018, mediado pelo jornalista Ricardo Boechat, os representantes dos candidatos à Presidência da República que compareceram, Jerson Kelman (PSDB), João Paulo Ribeiro (Rede Sustentabilidade) e Miriam Belchior  (PT), além de apontarem as dificuldades e suas propostas para o setor, concordaram que a falta de capacitação e planejamento são antigos problemas estruturais do saneamento.

Com o tema capacitação em voga, a palestra do presidente do Hydrus, Newton de Lima Azevedo, no segundo dia do evento, foi bastante concorrida com a sala cheia e pessoas até de pé para acompanhar as novidades do Centro. Newton usou como tema a Evolução da Educação Corporativa no Saneamento, para mostrar que o setor precisa utilizar todas as modernas ferramentas que estão à disposição, colocando a qualificação para o profissional de saneamento dentro da era digital, ou seja, ao alcance da sua mão. “O mundo mudou e quem não se adaptar será atropelado”, comenta Newton.

A palestra citou exemplos de empresas de segmentos distintos que aproveitaram a revolução digital para se reinventarem, e obtiveram sucesso como Uber, AirBNB e a Netflix. O Hydrus, no primeiro semestre de 2018, capacitou 400 profissionais de empresas de saneamento e até o final do ano, terá alcançado 1.000 colaboradores treinados no “chão de fábrica”. São 18 cursos, oferece 18 cursos de capacitação in company, com destaque para “Introdução ao Saneamento”, “Hidrometria Básica” e “Operação e Manutenção de Rede de Esgoto”,  que através de um equilíbrio entre os ambientes presencial e digital, são aderentes as reais necessidades operacionais das empresas de saneamento brasileiras.

 

HYDRUS APOIA CAMPANHA #SomosMaisSaneamento

O Hydrus Brasil apoia a campanha #SomosMaisSaneamento, uma iniciativa de organizações brasileiras que atuam em prol do saneamento, com o objetivo de fortalecer o debate, engajar a sociedade e lutar pelos avanços necessários para o setor. O foco da campanha é criar uma rede de compartilhamento de informações e conteúdos, criando uma comunicação sólida e unificada entre as organizações participante e seus públicos, levantando as principais questões relativas ao saneamento no Brasil. Junto com o Hydrus mais 42 entidades e empresas apoiam a iniciativa.

A campanha é centrada em oito mensagens-chave, construídas a partir dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), definidos pela Organização das Nações Unidas (ONU). “Apoiamos a campanha e focamos na mensagem 8, que diz respeito a formação e capacitação profissional no setor. A nossa proposta é priorizar a qualificação do profissional da base da pirâmide, ‘o chamado chão de fábrica’, enfatiza Newton de Lima Azevedo, presidente do Hydrus.

O Hydrus busca levar capacitação através de ensino dinâmico, moderno e de qualidade para toda a base da pirâmide do saneamento, ou seja cerca de 70% da mão de obra. Segundo ele investir na capacitação técnica, operacional e de gestão é fundamental para melhorar os resultados do setor, tanto nas operadoras privadas quanto municipais. “A qualificação dos profissionais reflete diretamente na eficiência dos serviços prestados”, conclui.

Criada para o 8°Fórum Mundial da Água, realizado em março deste ano em Brasília, no Distrito Federal, a campanha cresceu, conquistando espaço e proporção maiores. Com isso ampliou seus horizontes e conseguiu colocar o saneamento na agenda prioritária de compromissos assumidos pelos candidatos à Presidência da República, aos governos estaduais e aos cargos parlamentares nas próximas eleições.

HYDRUS E SINDCON REALIZAM PARCERIA PARA CAPACITAÇÃO DE PROFISSIONAIS DAS CONCESSIONÁRIAS PRIVADAS

Hydrus e Sindcon assinam parceria

Inclusão laboral. Em um setor como o saneamento, que precisa construir no Brasil mais de 300 mil quilômetros de rede de esgoto para universalizar os serviços, esse conceito precisa ser levado a sério. A capacitação de trabalhadores que estão na linha de frente das operações – montadores, encanadores e outros – é tão ou mais importante do que a oferecida por cursos técnicos, superiores ou de MBA de pós-graduação.

Mas o que se vê em matéria de treinamento e capacitação nas organizações é exatamente uma concentração de esforços nos níveis estratégicos e táticos das concessionárias, que hoje representam 30% da pirâmide organizacional. O atual cenário mostra que 70% da mão-de-obra é formada por colaboradores que não têm a oportunidade de se capacitar e, consequência disso, possuem menor chance de inserção laboral.

Esse quadro, reconhecido pelo SINDCON como um entrave ao desenvolvimento das concessionárias, pode começar a ser revertido a partir de agora. Um contrato de parceria assinado com a Hydrus Capacitação vai oferecer, durante o ano de 2018, três cursos para profissionais de nível primário.

“A realização dos cursos nas regiões evita deslocamentos grandes, o que muitas vezes impossibilita a participação dos colaboradores das concessionárias”, afirma Alexandre Lopes, presidente do SINDCON. “Além disso, as aulas presenciais proporcionam ao grupo contato direto com o formador. O material de ensino é baseado em uma metodologia francesa de sucesso, adaptada às condições do saneamento no Brasil”, completa.

O parceiro – a Associação Hydrus Brasil é uma pessoa jurídica, constituída em 2015, por prazo indeterminado, como uma organização civil sem fins lucrativos, administrativa e financeiramente autônoma e independente de qualquer filiação política ou religiosa. É uma parceria da Lima Azevedo Engenharia e Consultoria Empresarial e o Office International de l´Eau (OIEau), empresa francesa referência no setor do saneamento básico. Localizado na França, o OIEau conta com um centro de informações e treinamento na cidade de Limoges e alcançou, em março de 2016, cem mil pessoas capacitadas.

 

 

HYDRUS ESTREIA NO 8º FÓRUM MUNDIAL DA ÁGUA

Newton de Lima Azevedo, presidente do Hydrus, ministra palestra e participa de debate voltado para a capacitação no saneamento, juntamente com personalidades internacionais.

Em março aconteceu o 8º Fórum Mundial da Água, realizado em Brasília, no Distrito Federal. Durante os sete dias de evento mais 120 mil visitantes de 172 países, participaram das 300 sessões com a presença de 12 chefes de Estado. O Fórum é o maior evento global sobre o tema água com a missão de promover a conscientização, construir compromissos políticos e provocar ações em temas críticos relacionados à água para facilitar a sua conservação, proteção, desenvolvimento, planejamento, gestão e uso eficiente, em todas as dimensões, com base na sustentabilidade ambiental, para o benefício de toda a vida na terra. O Hydrus Brasil estreou levantando a bandeira da importância da capacitação profissional no setor.  O presidente Newton de Lima Azevedo ministrou, ladeado de representantes internacionais, palestra focada na capacitação no saneamento.

Newton participou da Sessão de Debate, com coordenação da Rand Water Academy (África do Sul), ONEE (Marrocos), Associação de Mulheres Trabalhadoras da Índia (SEWA), Fa.Vela (Brasil) e Escritório Internacional de Águas, que abordou a necessidade da criação, desenvolvimento e fortalecimento de centros e programas de treinamento especializados. Esta sessão mostrou as melhores práticas sobre como criar e desenvolver centros dedicados de treinamento para saneamento.

Durante o evento foram apresentadas a história do nascimento do Hydrus Brasil e a importância da parceria com o Office International de L’Eau (OIEau) para a criação do Centro de Capacitação aqui no país.

O Hydrus já capacitou cerca de 400 funcionários de operadoras privadas e municipais e espera até o final de 2018, atingir 1.000 profissionais. “São aqueles colaboradores que vieram dos mais variados setores da economia, sem nenhuma vivência ou informação sobre saneamento. Não dá para o profissional só ‘aprender fazendo’, é de suma importância que o setor se preocupe com capacitação. Nosso país tem problemas medievais que precisam ser corrigidos e sem a capacitação é impossível melhorar a eficiência na gestão e operação dos sistemas de água e esgoto”, conclui Newton.

Estima-se que existam hoje 200 mil funcionários no setor de saneamento, sendo que 70% situa-se na área operacional, os chamados de “chão de fábrica”, a quem se destina os cursos do Hydrus.