NOVA LEITURA DE VELHOS PROBLEMAS

Amigos, nós do Hydrus Brasil e do Portal do Saneamento Básico, decidimos, dentro do projeto “Saber da Água”, realizar novos cursos de capacitação para integrantes do setor, com o objetivo de fazer uma releitura dos nossos velhos e crônicos problemas.

O atual momento, no mundo dos negócios, está cada vez mais competitivo, dinâmico e demandante de recursos humanos qualificados. Especialmente no setor de saneamento básico, com a redefinição das “novas regras do jogo”, a partir do novo marco legal, torna-se fundamental uma nova visão, no que diz respeito à de “Pessoas e Processos”.

O conteúdo desses novos cursos EAD-Online, sejam abertos ou corporativos, tem sua origem a partir da consolidação da experiência vivida na prática por nossos engenheiros instrutores e da interação que tivemos com quase 5 mil pessoas que participaram dos nossos cursos nos últimos anos.

Estamos propondo uma autocrítica dos temas ainda não resolvidos, sendo essa releitura feita a partir do conceito inteligente do “aprender com os próprios erros”.

Dividimos nossos novos cursos em 3 grupos: operacionais, técnicos e estruturantes e ainda neste primeiro semestre de 2021 iremos realizar 5 cursos, cuja programação e detalhes estão sendo disponibilizados no Portal do Saneamento Básico, vide link: https://materiais.saneamentobasico.com.br/tratamento-aguas-abastecimento ou entre em contato conosco pelo e-mail: contato@hydruscapacitacao.com.br.

· OPERACIONAL:

– PERDAS DE ÁGUA: METODOLOGIA DE ENFRENTAMENTO ÀS PERDAS, ORIENTADA A RESULTADOS.

· TÉCNICOS:

– TRATAMENTO DE ÁGUA E ABASTECIMENTO DE SISTEMAS CONVENCIONAIS E TÉCNICAS AVANÇADAS;

– PROGRAMA DE TRATAMENTO E DESAGUAMENTO DE LODOS;

· ESTRUTURANTES:

– CICLO COMPLETO DO SANEAMENTO;

– CONCESSÕES DE SANEAMENTO – GOVERNANÇA.

Cabe ressaltar que com estes novos cursos e já considerando os 18 cursos já existentes que atendem a base da pirâmide (70%), atingiremos todos os níveis organizacionais de uma operadora de saneamento (+30%).

Destaco também que com a retomada dos investimentos no setor, temos um problema referente à falta de mão de obra de qualidade, portanto a necessidade de formar, capacitar e qualificar todos os níveis de uma operadora.

A canibalização ou “rouba-rouba de profissionais das concorrentes”, além de não ser uma estratégia recomendada, não atenderá à demanda que vem por aí.

Vamos recomeçar enfrentando nossos velhos fantasmas, na busca da eficiência e qualidade dos nossos serviços.

Previous Post
Newer Post

At vero eos et accusamus et iusto odio digni goikussimos ducimus qui to bonfo blanditiis praese. Ntium voluum deleniti atque.

Melbourne, Australia
(Sat - Thursday)
(10am - 05 pm)